Atlética de Agronomia da UFG explica camiseta que pede mais agrotóxico

Segundo associação de acadêmicos, “glifosato” é na verdade o nome de uma bebida álcoolica comum em festas do curso

A Associação Atlética dos Acadêmicos de Agronomia da Universidade Federal de Goiás (UFG) publicou em suas redes sociais nota em que “explica” polêmica envolvendo a publicação de uma foto que mostra estudantes do curso com camisetas com os dizeres “- amor + Glifosato por favor” (agrotóxico mais usado no mundo e considerado cancerígeno), durante um evento na universidade.

No comunicado, a associação disse que a informação, originalmente publicada no blog “outraspalavras.net”, foi vinculada “sem qualquer questionamento do que realmente significava”.

Segundo alega o grupo, a camiseta nada mais seria do que uma brincadeira, uma vez que, no meio acadêmico, é comum “nomear as coisas” com apelidos referentes à grade curricular de cada curso. Glifosato seria, na verdade, o nome de uma bebida alcoólica comum em festas entre os acadêmicos de agronomia.

“Estamos abertos a esclarecimentos e pedimos mais idoneidade na apuração de fatos antes da sua divulgação pois reportagens feitas de maneiras equivocavas e sensacionalistas acabam prejudicando o trabalho feito dentro das atléticas”, finaliza a nota.

Ainda sobre a polêmica, a Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) emitiu mais cedo uma nota de esclarecimento, por meio da qual alega que não incentiva o uso da controversa camiseta, mas respeita a liberdade de expressão.

Já a UFG afirmou, também por meio de nota, que não tem qualquer ligação com a produção ou o uso da camiseta usada pelos estudantes e alega defender o uso de práticas sustentáveis de produção agrícola, de acordo com a legislação vigente.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.