Até terça-feira, Lissauer deve deixar PSB

Praticamente fechado com PSD, político deve aguardar a formação das chapas para anunciar nova filiação 

Presidente da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), Lissauer Vieira deve deixar o PSB até a próxima terça-feira, 8, ainda que não vá solicitar uma nova filiação. O abono da aguardada ficha de filiação a uma nova agremiação para concorrer a uma das 17 cadeiras disponíveis para o Estado na Câmara dos Deputados, no entanto, deve ocorrer somente no final da “janela partidária”, que se encerra no próximo dia 1º.  

A sigla mais próxima, como já adiantado pelo Jornal Opção, tende a ser o PSD, que é dirigido pelo ex-deputado federal Vilmar Rocha e tem como um postulante à chapa majoritária o secretário da Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles (PSD), que pretende concorrer a uma cadeira no Senado Federal. Lissauer, contudo, conversa também com outras siglas, como o PTB. “Tenho uma conversa bem adiantada com o PSD, com o presidente Vilmar Rocha e o Meirelles. Se o partido tiver uma chapa competitiva para deputado federal, deve ser meu caminho. Mas ainda estamos avaliando e a decisão será tomada só no fim deste mês”, explica. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.