Até 20% das pessoas com Coronavírus sofrem com sintomas mesmo após se recuperarem, diz OMS

Relatório Europeu de Saúde informa que condição clínica conhecida por long covid ocorre em pessoas com histórico de infecção com três meses a partir do inicio da doença

Infectados por Covid-19 podem continuar com sintomas mesmo após fase aguada da doença, mostra documento divulgado nesta quinta-feira, 24, pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A informação foi publicada no Relatório Europeu de Saúde 2021 e revelou também que 10% a 20% das pessoas com o Coronavírus sofrem com sintomas mesmo após se recuperarem. Sintomas forma descritos por “imprevisíveis e debilitantes” no relatório. Apesar disso, texto indica que os mais comuns são a fadiga, falta de ar e disfunção cognitiva.

A condição clínica conhecida por long covid, isto é, Covid longo, ocorre em pessoas com histórico de infecção pelo vírus geralmente três meses a partir do inicio da doença, com sintomas que duram pelo menos dois meses. O que influencia no desenvolvimento e gravidade do long covid é desconhecida até o momento. Porém, não parece esta relacionado com a gravidade da infecção inicial ou com duração dos sintomas associados. Permanência de sintomas é mais comum em pessoas que forma hospitalizadas, aponta o relatório. Problemas de saúde mental, como ansiedade, depressão e sintomatologia pós-traumática também são alertados como consequências da SARS-CoV-2.

Medidas de contenção da pandemia, como os confinamentos, influenciaram de forma negativa os comportamentos de saúde da população. As restrições, como fechamento de escolas e universidades em diversos países, durante as fases mais críticas da pandemia, tiveram um “impacto no bem-estar-mental” das crianças e adolescentes. Mesmo que restrições tiveram impacto nos padrões de consumo de álcool, tabaco e de drogas em boa parte da população, o aumento do comportamento sedentário e alterações negativas em nível alimentar foram apontados por relatório sobre Saúde na Europa, que é publicado a cada três anos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.