Ataque aéreo mata 10 pessoas da mesma família em vilarejo na Síria

As vítimas eram uma idosa e nove crianças, com idades entre 2 e 13 anos. Mais de 400 mil pessoas já morreram no conflito que dura quase sete anos

Ataque aéreo em Idlib, na Síria | Foto: Observatório Direitos Humanos

Nove crianças e uma idosa, todos da mesma família, morreram na última terça-feira (18/4) após ataque aéreo em um vilarejo da província de Idlib, na Síria. Segundo informações do Observatório dos Direitos Humanos na Síria, crianças tinham idade entre 2 e 13 anos. O número de feridos não foi contabilizado.

As cenas de horror na Síria são quase que diárias e o conflito, que já se arrasta por quase sete anos, segue sem perspectiva de solução. No último sábado (15), um carro-bomba deixou 126 civis mortos em Aleppo. Entre as vítimas, 68 eram crianças. O fotógrafo Abd Alkader Habak que viu tudo de perto, deixou a máquina de lado para salvar um menino.

A cena de desespero do profissional comoveu o mundo todo. Ele foi fotografado por um colega enquanto corria com uma criança nos braços para buscar atendimento médico.

Ela ficara ferida após um carro bomba explodir um ônibus com refugiados que deixavam cidades sírias controladas pelo regime de Bashar al-Assad e sitiadas por forças rebeldes.
O mesmo fotógrafo é visto de joelhos, chorando ao lado do corpo de outra criança.

Desde o início do conflito, 470 mil pessoas já foram mortas e a crise humanitária advinda da falta de alimentos e medicamentos já provocou o deslocamento de metade da população do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.