Atacante Morro García é encontrado morto em sua casa, na Argentina

A suspeita inicial da polícia é suicídio. Morro Garcia tinha 30 anos e era o segundo maior artilheiro da história do Godoy Cruz

Atacante teve curta passagem pelo Brasil em 2011| Foto: Site Godoy Cruz

O centroavante Santiago “Morro” García, de 30 anos, foi encontrado morto na manhã deste sábado em sua casa, em Mendoza, na Argentina. A suspeita inicial da polícia é de que o atacante cometeu suicídio.

O atacante havia testado positivo para Covid-19 no dia 22 de janeiro, estando em isolamento desde então. Afastado do Godoy Cruz pelo diagnóstico positivo, clube que defendia, Morro García também estava fora dos planos da equipe para o restante da temporada.

Segundo maior artilheiro da história do Godoy Cruz, o jogador é o maior artilheiro do time no Campeonato Argentino, com 50 gols em 118 partidas. O atacante teve uma passagem pelo futebol brasileiro em 2011, quando defendeu as cores do Athletico Paranaense. Contratado junto ao Nacional do Uruguai, Morro García na época havia sido a contratação mais cara do clube brasileiro, comprado por R$ 7,66 milhões. Em 16 jogos no clube marcou apenas dois gols.

O Godoy Cruz, clube que o atacante defendia se pronunciou em suas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.