No entanto, retorno deve acontecer de forma gradual limitado ao estritamente necessário para funcionamento de cada seção

Foto: Ruber Couto

A Assembleia Legislativa de Goiás emitiu nesta segunda-feira, 13, novo ato da Mesa Diretora que prevê o retorno das atividades presenciais na Casa a partir do dia 22. No entanto, esse retorno deve acontecer de forma gradual limitado ao estritamente necessário para o funcionamento de cada seção.

As chefias poderão adotar regime de escala e revezamento de servidores, de forma a garantir o atendimento e a eficiência na prestação dos serviços.

Apesar de o decreto que suspende as atividades ter eficácia apenas até o dia 19, no dia 20 foi decretado ponto facultativo e dia 21 é feriado nacional.