Assembleia adia para março retorno das sessões legislativas

Volta estava prevista para o próximo dia 15 e teve que ser adiada pelo atraso nas obras da nova sede. Construtora alega que a pandemia de Covid-19 e outras patologias fez com que funcionários fossem afastados

Previstas para retornar no próximo dia 15 de fevereiro, as sessões da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) foram adiadas para o próximo dia 3 de março, em virtude do atraso na entrega das obras da nova sede, que está localizada no Parque Lozandes. Além do retorno em plenário, o funcionamento dos gabinetes dos 41 parlamentares também ficou adiado para o próximo dia 25 de fevereiro.  

O ato da Mesa Diretora já foi publicado pelo presidente Lissauer Vieira (PSB) no último dia 1º. Conforme previsto, o atraso não adia a leitura da mensagem do governador Ronaldo Caiado (Democratas), que será entregue à Casa normalmente, no próximo dia 15. A data marca o início do semestre Legislativo, de forma híbrida, em uma solenidade que vai acontecer no gabinete da presidência na sede do palácio Alfredo Nasser, desativado no final do último semestre.  

Em nota, a explicação da Casa é de que a empresa contratada para realizar as obras, a Construtora JL teve um atraso nas obras. Por este motivo, a presidência decidiu prorrogar o recesso parlamentar por mais 17 dias, quando deve acontecer a cerimônia de inauguração do Palácio Maguito Vilela, e também a primeira sessão ordinária da nova sede.  

A Construtora, por sua vez, enumerou as razões que impediram o cumprimento da data, sendo a principal delas a nova onda de contaminação da Covid-19 e outras patologias, como H3N2 e dengue, que acometeram dezenas de funcionários, provocando o afastamento temporário do trabalho, logo interferindo no processo produtivo de suas respectivas funções. 

Além disso, as condições climáticas influenciaram diretamente nos trabalhos externos de concretagem e a fase de testes de diversos pontos, como energia elétrica, ar-condicionado e instalação de água, ainda não foram finalizadas devido à complexidade do projeto; mas seguem nos ajustes finais para que o novo cronograma seja cumprido sem ressalvas. 

Novo cronograma  

Com as novas datas ficou definido um novo cronograma para a mudança, que será realizada de forma gradual: no dia 25 de fevereiro será liberado o funcionamento dos gabinetes parlamentares, que já deram início à mudança para o novo prédio. 

O dia 03 de março, conforme citado, irá marcar a realização da primeira sessão ordinária, híbrida ou remota, de 2022. A mudança definitiva da área administrativa da Assembleia ocorrerá em data posterior, que ainda será divulgada.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.