Artistas voltam a se manifestar na Praça Cívica pela liberação do Fundo de Cultura

Maior parte do grupo sustenta que não irá aceitar pagamento parcelado e mantém ameaça de ocupação da Secult

Foto: Divulgação/ Facebook

Foto: Divulgação/ Facebook

Artistas e produtores de Goiás se manifestaram mais uma vez em frente ao Palácio Pedro Ludovico Teixeira, na manhã desta terça-feira (29). A classe pede pelo pagamento integral do Fundo Estadual de Cultura, previsto em edital de 2013. Na última segunda-feira (28), um grupo de artistas realizou um movimento no mesmo local. Os artistas, segundo o ator e diretor da Cia. Oops de Teatro, João Bosco, ficaram na porta do Palácio deitados, atrapalhando a entrada e saída de pessoas.

O secretário da Fazenda (Sefaz), José Taveira, marcou uma reunião com o secretário da Cultura (Secult-GO) que ainda não foi empossado, Aguinaldo Coelho, e o presidente do Conselho Estadual de Cultura, Carlos Cipriano, para a próxima quarta-feira (30). Ainda assim, o grupo que luta pelo recebimento do fundo de investimento fará movimentação em frente ao Palácio, às 10h. “Resolvemos continuar mostrando nossa insatisfação”, disse João Bosco.

Segundo ele, a classe continuará se movimentando até conseguir o que quer. “Caso a Secretaria da Fazenda permaneça com a ideia de pagar de forma parcelada, a maior parte das pessoas do nosso grupo concorda que devemos esperar o secretário [Aguinaldo Coelho] ser empossado, então tentaremos nova conversa. Caso não ocorra, ocuparemos a Secult”, ameaçou.

Artistas no local conversaram com o deputado federal e candidato à reeleição João Campos (PSDB) e o vereador Anselmo Pereira (PSDB), que estavam no local. De acordo com João Bosco, ambos se solidarizaram com o movimento. “O deputado disse que iria tentar organizar uma audiência com o governador”, disse o produtor, reiterando que o grupo não irá aceitar o escalonamento. “Vai prejudicar nossa forma de trabalho”, explicou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.