Artistas se manifestam contra atraso do Fundo de Cultura em frente ao Palácio Pedro Ludovíco

Nesta manhã, uma comissão eleita pela classe se reuniu com o novo secretário de Cultura de Goiás, Aguinaldo Coelho

Foto: Roberto Silva | Via WhatsApp

Foto: Roberto Silva | Via WhatsApp

A classe artística goiana continua demonstrando sua insatisfação pelo atraso no repasse para os 270 projetos aprovados no edital do Fundo Estadual de Cultura. A falta de um novo prazo definido e os rumores de que o pagamento será feito em parcelas levou artistas, com projetos aprovados ou não, a organizar uma manifestação em frente ao Palácio Pedro Ludovico na manhã desta segunda-feira (28/7).

Em entrevista ao Jornal Opção Online, o produtor e ator da Cia. Oops de Teatro, João Bosco, afirmou que grande parte dos artistas está reunida e só deve sair do local quando tiverem uma resposta positiva sobre o repasse. “A gente espera que alguém possa responder nossas dúvidas, mas, pelo visto, isso não vai acontecer”, disse.

Nesta manhã uma comissão eleita pela classe está reunida com o novo secretário de Cultura, Aguinaldo Coelho. De acordo com o produtor cultural do festival “Offsina”, Roberto Silva, os artistas devem entregar uma petição pública ao secretário solicitando que os valores sejam repassados com urgência e em sua totalidade, conforme constava no edital.

A insatisfação dos artistas é motivada pelos vários adiamentos na data de pagamento aos projetos aprovados. A Secult já definiu a data para o repasse três vezes e não conseguiu cumprir o prazo estabelecido. Os produtores afirmam que por trabalharem com terceiros e datas definidas anteriormente, o atraso acaba com a credibilidade e prejudica os movimentos culturais no Estado.

Uma resposta para “Artistas se manifestam contra atraso do Fundo de Cultura em frente ao Palácio Pedro Ludovíco”

  1. Avatar Sacha Witkowski disse:

    Não houve reunião com o Secretário, neste momento não havia sido empossado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.