Articulada por deputado goiano, CPMI da JBS deve ser instalada na próxima quarta (31)

Alexandre Baldy afirmou que o objetivo da Comissão é investigar os aspectos da delação feita pelo empresário Joesley Batista

Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

O deputado goiano Alexandre Bady (Podemos), juntamente com senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO), colheu assinaturas para criar uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) Mista para investigar as operações financeiras da JBS. Segundo ele, a leitura será feita na próxima terça-feira (30/5) e, então, instalada logo na quarta-feira (31).

Em entrevista ao Jornal Opção, Baldy afirmou que o objetivo da CPMI é investigar os contratos de empréstimo do BNDES, investigar a crise criada nos produtores rurais em função do monopólio do cartel criado pela Friboi e os aspetos da delação feita pelo empresário Joesley Batista.

Além disso, serão investigados os benefícios e incentivos fiscais da JBS, além de irregularidades previdenciárias.

Questionado a respeito do requerimento feito pelo deputado Cabo Sabino (PR-CE) nesta quinta-feira (25) para criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), Alexandre Baldy afirmou que muito provavelmente esta última não será instalada.

“Como essa foi requerida na Câmara, por não ser mista, ela provavelmente será rejeitada. Ali [na Câmara] existem 8 CPIs na fila”, explicou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.