Argentina flexibiliza a entrada de brasileiros no país

Para a entrada no país, basta a comprovação do cronograma vacinal completo (2 doses), uma declaração de saúde online e um seguro-viagem que tenha cobertura contra a Covid-19

Apesar de, após a abertura das fronteiras da Argentina ao Brasil, as regras para a entrada de brasileiros no país terem sido rígidas – com exigência, inclusive, de um PCR negativo antes do embarque e outro após alguns dias de permanência. No entanto, segundo a coluna Viagem Estadão, atualmente, para a entrada no país, basta a comprovação do cronograma vacinal completo (2 doses), uma declaração de saúde online e um seguro-viagem que tenha cobertura contra a Covid-19.

Além disso, devido a recuperação gradual do turismo, a Argentina também passou a investir na realização de pacotes promocionais ao Brasil, com novos voos de cidades brasileiras a Buenos Aires e Mendoza. Desde a abertura das fronteiras, que ocorreu em outubro de 2021, cerca de 200 mil brasileiros já voaram ao país.

Em coletiva virtual realizada a imprensa, o secretário executivo do Inprotur (Instituto Nacional de Promoção Turística) da Argentina, Ricardo Sosa, explicou que, atualmente, nove companhias aéreas conectam ambos os países, com 130 frequências semanais. Atualmente, São Paulo é a cidade com maior conectividade direta com Buenos Aires, mas também existem voos diretos do Rio de Janeiro, Salvador, Florianópolis e Curitiba.

Ainda de acordo com Sosa, o retorno de turistas brasileiros a Argentina aumenta gradativamente desde outubro. “Esses 200 mil brasileiros representam 18% dos números de pré-pandemia, mas preferimos olhar para a recuperação”, pontua, ao relembrar que, no ano de 2019, o número de viajantes originários do Brasil para a Argentina foi de 1,5 milhão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.