Área técnica da Anvisa recomenda aprovação de uso emergencial da Coronavac e da vacina Oxford

Agora, os diretores, começando pela relatora Meiruze Freitas, vão votar se aprovam ouso dos imunizantes ou não

Reunião Anvisa | Foto: Reprodução

O gerente-geral da área de medicamentos da Anvisa, Gustavo Mendes Lima, apresenta parecer favorável à aprovação do uso emergencial do imunizante produzido pela Sinovac/Instituto Butantan. A recomendação é manter o “monitoramento das incertezas e reavaliação periódica” da vacina.

Em relação à vacina de Oxford produzida pela AstraZeneca/Fiocruz, a Gerência-Geral da agência também recomendou a aprovação do uso emergencial, condicionada ao monitoramento das incertezas e reavaliação periódica.

Agora, os diretores, começando pela relatora Meiruze Freitas, vão votar se aprovam ouso dos imunizantes ou não.

Segundo apuração do Estadão, caso seja aprovado o uso emergencial, as primeiras doses da Coronavac podem ser aplicadas durante o pronunciamento do governador de São Paulo, João Doria (PSDB), marcado para ocorrer logo após o término da votação da Anvisa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.