Aprovação de Bolsonaro fica em 19%, número mais baixo desde 2019

Presidência segue com uma média de 60% de reprovação desde o mês passado, revela estudo Atlas

A aprovação do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) atingiu o número mais baixo desde o início do mandato, em 2019. As informações são de pesquisa realizada pelo Atlas, divulgada pelo jornal Valor Econômico nesta segunda-feira, 29. Com o número mais baixo desde que chegou ao Planalto, apenas 19% das pessoas que responderam a pesquisa avaliaram o atual governo de forma positiva.

Realizada através de uma série temporal, o estudo da empresa mostrou que o nível de desaprovação (ruim/péssimo) se manteve em 60%. Já para os que avaliam a gestão de Bolsonaro como “Razoável”, os números foram de 20% e, por fim, as respostas “Não Sei” permanecem em 0% e 1% desde janeiro deste ano.

Os números seguem em baixa desde maio deste ano, sendo 31% de aprovação (Ótimo/Bom) até os atuais números, 19%. A pesquisa também aponta que 21,4% dos entrevistados acreditam que, para eles, o maior problema do Brasil hoje em dia é a corrupção, seguida de pobreza e desigualdade social (19,3%) e inflação/preços em alta (16,7%). 

A pesquisa realizada pela empresa de Big Data e ciências de dados, AtlasIntel Brasil, entrevistou um total de 4.921 pessoas, de forma online, entre os dias 23 a 26 de novembro. A margem de erro é de um ponto percentual e o índice de confiança é de 95%.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.