Apresentadora Silvye Alves é intimada por ex-namorado que a agrediu

Jornalista desabafou em suas redes sociais, nesta terça-feira, 1, acerca de nova acusação realizada pelo empresário Ricardo Hilgenstieler

Apresentadora e jornalista Silvye Alves | Foto: Reprodução

Apresentadora do Cidade Alerta, da Record, Silvye Alves retornou a desabafar sobre o caso de agressão que sofreu no dia 21 de junho pelo ex-companheiro, Ricardo Hilgenstieler. Nesta terça-feira, 1, ela compartilhou em seu perfil, nas redes sociais, uma intimação recebida pela Justiça que foi movida pelo empresário, com o qual manteve um relacionamento de dez meses.

Na publicação, a apresentadora se indignou quanto a justificativa apresentada por Hilgenstieler. “E a violência não para. O agressor entrar na Justiça para calar a vítima? Meu Deus! A questão é que, apesar de estar frágil, sou muito forte e não me calo diante de tamanha dor que senti e de tudo com que estou lutando para me reconstruir. Quanta covardia de um ser que afirma estar perdendo dinheiro devido à notoriedade da agressão”, escreveu Silvye.

Na publicação, que contou com mais de 2 mil comentários, Silvye recebeu o apoio de seguidores e amigos, como do perfil da dupla Simone e Simaria. “Deus está contigo, e a gente também! Não se cale!, escreveu a dupla.

Relembre o caso

O caso de agressão ocorreu na madrugada do dia 21 de junho, quando o suspeito teria invadido o prédio da apresentadora e desferido tapas, chutes e socos no rosto dela, na frente do filho de 11 anos da jornalista. Silvye foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) e à Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) para tomar as providências necessárias. 

Após a agressão, policiais se deslocaram ao aeroporto e identificaram Ricardo Hilgenstieler, que foi preso enquanto tentava embarcar em um vôo, no Aeroporto Santa Genoveva.  Junto com Ricardo, que é de Santa Catarina, foram encontrados uma mochila, uma mala com pertences pessoais e uma quantia de R$ 308, além de um Iphone e uma nota de um dólar. Após a prisão, o suspeito foi encaminhado à DEAM, por policiais militares.

No dia seguinte ao caso, o juiz Vanderlei Caires Pinheiro, do Juizado da Violência contra a Mulher, arbitrou fiança e concedeu a liberdade do empresário Ricardo Hilgenstieler, sob fiança de R$ 11 mil. Na ocasião, a advogada da jornalista, Darnele Liberato, afirmou que recorreria da decisão. “Não é que ele foi declarado impune. Ele vai responder ao processo, mas não é um exemplo que deveria ser dado por uma pessoa que preside a vara de violência contra a mulher. O Brasil é o país com um dos maiores índices de feminicídio no mundo”, afirmou.

Em julho, Silvye chegou a desabafar mais uma vez em seu Instagram, por meio de um vídeo, ao descobrir que uma juíza havia negado o pedido para busca e apreensão na casa de seu ex-namorado. “Fui surpreendida por uma decisão da justiça que corta o meu coração” e completou explicando a decisão. “Eu só estou vindo aqui para trazer a público uma situação porque é inadmissível o direito que me foi tirado hoje por uma juíza mulher”, relatou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.