Apresentadora diz que foi demitida da Globo por racismo

Alinne Prado trabalhou no Vídeo Show de 2015 a 2017

Foto: Reprodução / Instagram

A jornalista Alinne Prado usou as redes sociais para desabafar e comentar sobre sua demissão da Rede Globo. A ex-apresentadora do Vídeo Show disse que foi dispensada por causa da cor da pele.

“São as chibatadas contemporâneas. Não nos deixam ocupar a sala da casa grande, por mais qualificados que sejamos”, disse no Instagram.

“Apesar de ser a primeira negra a sentar na bancada do programa, fui demitida sob a justificativa de que, apesar de gostarem muito do meu trabalho, precisavam de alguém mais ‘neutro’ (sic) do que eu. E como estavam passando por uma crise, eles precisavam enxugar o quadro de repórteres (que depois da minha saída aumentou). Nunca falei disso publicamente, mas me dói demais ver isso acontecer”, continuou.

Alinne trabalhou no programa de 2015 a 2017 e chegou a revezar apresentação com Otaviano Costa, Joaquim Lopes, Susana Vieira, Rafael Cortez e Maíra Charken.

Deixe um comentário