Apple aumenta preços de produtos em até 48% menos de 24 horas após anunciar valor do novo MacBook no Brasil

Até ontem, era possível comprar um MacBook Air “simples” por R$ 5.399; hoje, não tem como sair da loja pagando menos de R$ 5.899. Acessórios também passaram por reajuste

Foto: Reprodução/Apple

Foto: Reprodução/Apple

De acordo com a Revista Exame, a Apple, empresa norte-americana de tecnologia, aumentou os preços de seus produtos em até 48% menos de 24 horas após anunciar que o novo MacBook deve custar no máximo R$ 10.500 no Brasil.

A edição mais simples do MacBook Air com tela de 11”, que era vendida até ontem por R$ 5.399, passou a custar R$ 5.899. O modelo mais completo passou de R$ 6.399 para R$ 6.999. Os de tela de 13” subiram de R$ 6.999 para R$ 7.699 e, os mais completos, de R$ 7.699 para R$ 8.499.

O MacBook Pro também sofreu aumento: os modelos de 13” com tela retina aumentaram de R$ 7.699 e R$ 8.799 para R$ 8.499 e R$ 9.499; os de 15” subiram de R$ 11.699 e R$ 14.599 para R$ 12.799 e R$ 15.999.

O preço dos acessórios também passou por reajuste. O AirPort Time Capsule, uma estação base Wi-Fi e dispositivo de backup, de três terabyte (TB) teve aumento de 48,5% e o cabo Thunderbolt, uma espécie de adaptador, sofreu aumento de 48%. Os preços dos iPhones, porém, não sofreram alteração, pois já tiveram aumento na virada do ano.

Segundo a MacMagazine, o aumento não é exclusividade do mercado brasileiro. A Apple teria aumentado os preços de seus produtos em diversos países nesta quarta-feira (11/3).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.