Após votar, Iris diz que já “pressentia” vitória desde início do segundo turno

Acompanhado da esposa, do senador Ronaldo Caiado e de aliados, candidato do PMDB concedeu entrevista e falou sobre suas expectativas para o resultado de logo mais 

Foto: Marcelo Gouveia/Jornal Opção

Foto: Marcelo Gouveia/Jornal Opção

Ex-prefeito de Goiânia e ex-governador de Goiás, o candidato Iris Rezende (PMDB) votou na manhã deste domingo (30/10) no Colégio Marista, na capital. Acompanhado de uma pequena multidão, o peemedebista mostrou confiança no resultado de logo mais e disse, em entrevista coletiva, que já “pressentia vitória” desde o início do segundo turno.

Iris foi questionado por jornalistas quanto à vantagem que abriu sobre o candidato do PSB, Vanderlan Cardoso, nas últimas pesquisas de intenção de voto, e optou por uma resposta evasiva. “Não quero me apequenar comentando motivos. Eu apenas respeito a opinião pública, o povo sabe o que faz”, afirmou.

O candidato também comentou sobre a relação com o governador Marconi Perillo (PSDB), caso eleito. Desafeto político do tucano, Iris sugeriu que pretende adotar tom republicano com o adversário de eleições passadas. “Como político experimentado, nunca assumi para agredir quem quer que seja”, declarou.

Ao falar sobre as benfeitorias que empreendeu na capital quando foi prefeito, o peemedebista foi questionado se Goiânia, nos dias de hoje, estaria “mais fácil” de ser administrada. Iris respondeu que sim: “Quando assumi da vez anterior, Goiânia convivia com 154 bairros sem asfalto. Goiânia não é mais assim. Então, está mais fácil”.

Sobre medidas emergenciais que pretende tomar, caso eleito, Iris pontuou que irá realizar um levantamento completo nas finanças da prefeitura, e reiterou que contará com o apoio da população. “Quando a prefeitura tiver dificuldade, eu convoco o povo para construir casa para os pobres.”

O decano estava acompanhado da esposa, a ex-deputada Íris de Araújo (PMDB), de netos, do senador Ronaldo Caiado (DEM), do vice-prefeito Agenor Mariano (PMDB), do prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela (PMDB), e também do prefeito eleito na cidade, Gustavo Mendanha (PMDB).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.