Após vistoria, CEI deve ampliar investigação de obras paradas em Goiânia

Alysson Lima informou que a comissão vai chamar todos os responsáveis pelos atrasos, inclusive os secretários de cada pasta do município

O vereador Alysson Lima | Foto: Reprodução

Um dos integrantes da Comissão Especial de Inquérito (CEI) das Obras Paradas, o vereador Alysson Lima (PRB) informou ao Jornal Opção que está muito preocupado com a situação no município. De acordo com o político, o grupo descobriu mais construções paralisadas em Goiânia.

“Depois que visitamos dois Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs), que já estão com quase 90% das obras concluídas e seguem abandonados pela gestão municipal [setores Buena Vista III e Cerrado IV, região oeste de Goiânia], descobrimos mais três obras paradas nas proximidades”, denunciou o vereador, que acredita que o número de obras paradas na capital é muito maior do que as 40 listadas anteriormente.

Além de estarem paradas, o vereador confirmou que não há segurança e nem fiscalização nas obras, que se degradam cada vez mais com o tempo e com a ação de vândalos. “O Ministério Público já havia determinado à gestão municipal que colocasse fiscalização nas obras abandonadas e que prosseguisse com o trabalho nas construções, mas nenhuma dessas resoluções foram obedecidas”, alertou.

Agora, o próximo passo, segundo Alysson, é ouvir todos os responsáveis pelas paralisações. Desde as empresas contratadas, engenheiros e secretários serão chamados. “Foi enviado um ofício para cada secretaria para que, em dez dias, elas enviem todos os contratos de todas as obras paradas em Goiânia. Em cima destes documentos vamos chamar cada responsável, concluiu o vereador.

A expectativa é de que a CEI das Obras paradas se estenda por mais alguns meses, já que mais construções paralisadas estão sendo descobertas na capital.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.