Após vazamento de áudios, diretor do presídio de Anápolis é exonerado

Walney Cesário da Cunha aparece em conversas sugerindo que presos líderes de alas do presídio dificultem o acesso de advogados no local

A a Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou que, nesta quinta-feira (1º/2), foi determinada a imediata exoneração do diretor da unidade prisional de Anápolis, Walney Cesário da Cunha.

Em áudios vazados que circulam nas redes sociais, Walney aparece  em conversa com outro servidor sugerindo que ele oriente presos, que supostamente lideram alas dentro do presídio, a dificultar o acesso de advogados a seus clientes que cumprem pena no local. Ouça:

 

“Tem que falar para os comandos de ala aí não deixar descer uai, tem que falar pros caras não deixar descer. Advogado vem aí só pra perder viagem. Eles não descem pra conversar com nós uai, porque que vai descer pra falar com advogado?”

Em outro áudio, o diretor reforça a determinação para que os líderes de alas não liberem presos para falar com advogados. Ouça:

 

“Avisar pros alas aí que não deixa ninguém sair pra falar com advogado a tarde não. Aí os caras já chegam aí, pede pra tirar o cliente, já chega descendo com a informação: ó infelizmente a ala não liberou o cara não. Fala isso logo e acabou. Tem que fazer esses presos aí jogar com a gente também. Advogado aí dia de domingo, impossível”.

Para camuflar a situação, Walney também orienta outro servidor a não colocar a determinação no papel. Ouça:

 

“Em relação a por no papel esse negócio de advogado, não põe não. Tem que explicar pros caras, ó infelizmente hoje é isso, hoje é aquilo e não tem jeito de entrar não. Mas não pões isso no papel não, fica ruim pra nós. Se o cara tirar foto desse trem aí dá ruim pra nós depois”

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) por meio de nota disse que não pactua nem tolera comportamento inadequado como o verificado na conversa, tanto em relação à tentativa de cerceamento do trabalho dos advogados, quanto à censurável demonstração de intimidade com presos.

Além disso, a DGAP reiterou que não abre mão do comportamento ético, da responsabilidade e do profissionalismo por parte de seu quadro de colaboradores, e ressalta que quaisquer atos cometidos contra os princípios legais, morais e regimentais serão punidos de acordo com a Lei.

A diretoria informou que o novo diretor da unidade prisional de Anápolis será apresentado nesta sexta-feira (02/02).

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Eliezer Neiva

Ta explicado por que que nos presídios Brasileiro entra drogas e Armas,todo efeito colateral desta corrupção começando pelo pelos autos comando da nação que vai se generalizando nos segundo escalões e terceiro das instituições, por esta classe politica atual não podemos esperar por mais nada,o sociedade Brasileira tem que se organizar e orientar os eleitores á não reeleger ninquim,renova totalmente o congresso nacional,comprometido com os interesse da nação,não e por acaso que esta ganhando corpo pela opinião pública de uma intervenção Militar provisoria baseado no Artigo 142 da constituição Federal .com está corrupcão generalizado com estas urnas eletrônica sem conferencia… Leia mais