Após último dia útil do mês, ainda há incertezas sobre quarta parcela do salário de dezembro

Infelizmente, nesse governo vivemos de expectativas frustradas, pois se promete e não cumpre”, afirma líder sindical

Nada foi dito sobre a quarta parcela do mês de dezembro até o momento pela secretaria de Economia. A informação é do presidente do Sindicato dos Servidores Públicos do Estado de Goias (Sindipúblico), Nylo Sergio, que lembrou que o combinado era o pagamento ser efetuado dentro do mês – sexta-feira, 28, foi o último dia útil.

“Eles não passaram nada, ninguém tem informação. Especula-se que o valor geral seria de salários de R$ 7.400, mas não se sabe nem data e nem o valor que será contemplado ao certo”, lamentou Nylo.

Além disso, o presidente do Sindipúblico afirmou que, segundo informações de dentro do órgão, nem foi começado o procedimento para realizar esse pagamento. “Infelizmente, nesse governo vivemos de expectativas frustradas, pois se promete e não cumpre. O servidor tem obrigações e compromissos e não pode confiar”, desabafou.

Foi tentado contato com a assessoria de comunicação da Secretaria de Economia, mas não obtivemos resposta.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tati Abreu

Realmente promete e não cumpre esse governador: prometeu e não deu conta de tirar os comissionados do TCE. Inclusive tds os assessores da gestão anterior continuam la com mordomias total, bancado por seus pares. ABSURDOOOOO

Paulo

Que governo é esse que não dá ao menos satisfação? Com todo respeito às entidades, mas está faltando cobrança efetiva! Estão acostumando mal o governo!

Ana Mendes

Estou chocada com esse governo. Não consegue combater os privilégios de alguns.E despreza a educação .