Após testes rápidos, 12 detentas são diagnosticadas com Covid-19, em Aparecida

Testes foram realizados na última segunda-feira, 13. Todas as detentas estão assintomáticas e permanecem isoladas

Foto: Reprodução.

A Gerência de Assistência Biopsicossocial da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informa que foram realizados testes rápidos em detentas da Casa de Prisão Provisória (CPP), unidade pertencente à 1ª Coordenação Prisional localizada no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na última segunda-feira, 13. Ao todo, 12 delas testaram positivo para a Covid-19.

Diante dos resultados, as custodiadas que testaram positivo para a Covid-19 foram isoladas para o devido acompanhamento, conforme protocolos de saúde. A gerência ressalta ainda que as detentas estão assintomáticas para a doença.

O Comitê de Gerenciamento de Crise da DGAP no enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus informa que, diariamente, são realizadas testagens em servidores e população carcerária do sistema prisional goiano.

Os dados da triagem são atualizados diariamente e divulgados nos canais de comunicação da instituição. Todas as 104 unidades da DGAP estão aferindo temperaturas corporais em presos e servidores, com termômetros infravermelhos distribuídos pelo órgão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.