Após terremoto que deixou mais de 1 milhão de desabrigados, Chile cancela alerta de tsunami

Terremoto que atingiu o Chile neste ano assustou população, já traumatizada pelo de 2010 | Foto: Victor Rojas

Terremoto que atingiu o Chile neste ano assustou população, já traumatizada pelo de 2010 | Foto: Victor Rojas

O Chile suspendeu, na manhã desta quinta (17/9), o alerta sobre um provável tsunami que seria gerado pelo forte terremoto que atingiu o país na noite de ontem. O alerta foi mantido durante toda a madrugada nas regiões das cidades de Atacama e Comquibo, que foram as mais atingidas por estarem mais próximas do epicentro.

O terremoto, que alcançou magnitude de 8,3, deixou oito mortos e mais de 1 milhão de desabrigados. Foi registrada uma série de alagamentos pelo país, sobretudo em Comquibo, que fica no litoral. O tremor aconteceu às 19h54, horário de Brasília, e foi seguido por outros dois menores, de magnitudes 6,2 e 6,4. A capital chilena, Santiago, também sentiu o terremoto.

Relatos dão conta de que a população ficou muita assustada, tanto que, dos oito mortos, quatro foram vítimas de ataques cardíacos após os tremores. Em 2010, um terremoto de magnitude 8,8 deixou mais de mil mortos no Chile.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.