Após ser acusado de pedofilia, youtuber Luccas Neto se pronuncia nas redes sociais. Veja vídeo

“Estou aqui para colocar um ponto final em todas as polêmicas que surgiram e estão envolvendo meu nome”, afirma o irmão de Felipe Neto em um trecho do vídeo

Após ter seu nome associado à pedofilia, o youtuber Luccas Neto resolveu se pronunciar por meio de seu perfil no Instagram. A mensagem foi gravada após o irmão de Felipe Neto ser alvo de ataques e notícias falsas na internet.

Acontece que, pelas redes sociais, circularam imagens distorcidas e montagens usadas para acusá-lo de apologia à pedofilia. Um dos exemplos é de quando o youtuber come uma bala gigante, em um de seus vídeos. A guloseima acaba sendo interpretada como um produto de sex shop por um internauta.

“Chama super gummy, se você colocar no YouTube todo mundo aparece comendo esse doce gigante. Mas esse cara achou que era um produto erótico, de sex shop. É inacreditável. Onde vai a mente do ser humano de achar que eu faria um vídeo assim?”, questionou o youtuber.

Inicialmente ele disse que não irá deixar que notícias ruins fiquem ao seu redor nem mesmo de sua família. “Por isso, estou aqui para colocar um ponto final em todas as polêmicas que surgiram e estão envolvendo meu nome”.

Em pouco mais de 16 minutos seguido da mensagem ele mostra cenas de alguns de seus vídeos e explica o contexto de cada um deles. A gravação foi publicada seguida da seguinte mensagem: “Para mães, pais e adultos responsáveis que me seguem aqui. Esse vídeo é o meu pronunciamento sobre as notícias absurdas e mentirosas que saíram envolvendo o meu nome nos últimos dias”.

Para ele, as “fake news já foram longe demais”. O youtuber acrescentou ainda que a intenção por trás disso é simplesmente prejudicá-lo. “O cara faz uma publicação afirmando e me acusando de praticar pedofilia no meu canal. Ele será processado. Depois que ele percebeu que era notícia falsa, ele apagou a postagem, mas o print é eterno”, reiterou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.