Após reunião, Senador Canedo decide não decretar lockdown

Decisão foi tomada após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no município. Entretanto, caso haja aumento no número de casos e internações, a cidade pode decretar lockdown a qualquer momento

Comitê é formado pela Câmara, forças de segurança e representantes do comércio| Foto: Divulgação

Na manhã deste sábado, 27, o prefeito de Senador Canedo, Fernando Pellozo (PSD), se reuniu com o Comitê de Enfrentamento à Covid-19 da cidade. Apesar do aumento do número de casos de Covid-19 em Goiás, neste momento o município não irá decretar lockdown. Uma nova reunião do comitê está marcada para terça-feira, 2.

Em entrevista ao Jornal Opção, Fernando Pellozo, justificou a escolha por não adotar o lockdown neste momento. Segundo Pellozo, os números do município estão estáveis no momento, mas caso haja aumento do número de casos e de internações em UTI, o lockdown pode ser adotado em qualquer momento. 

Nos próximos dias, o município irá abrir mais cinco leitos de UTI para atender aqueles que precisarem de internação. Segundo dados da Secretaria Estadual de Saúde, dos 11 leitos de UTI estaduais disponíveis no município, nove estão ocupados. Segundo o prefeito, há a consciência de que esses leitos que serão abertos irão lotar, mas que, diante dos números das duas últimas testagens ampliadas realizadas na cidade, o momento não é para o lockdown. “Nós fizemos duas testagens ampliadas no dia 19 e no dia 26, na primeira foram testadas 447 pessoas e 43 apresentaram resultado positivo, ou seja 10%. Na segunda testagem foram 863 pessoas e 83 apresentaram positivo, também 10%. Essa porcentagem está abaixo dos resultados encontrados por Goiânia e Aparecida, então nós também temos essa referência da testagem”, justificou Fernando Pellozo. 

Para o prefeito, o momento é de fiscalizar e testar a população do município. Além das testagens ampliadas, foram realizadas fiscalizações em mais de 50 estabelecimentos desde o dia 19, sendo que três destes estabelecimentos foram fechados. Diante do lockdown previsto por outros municípios, Fernando Pellozo garantiu que a fiscalização será intensificada em Senador Canedo.

3 respostas para “Após reunião, Senador Canedo decide não decretar lockdown”

  1. Temos que confiar em deus e continuar trabalhando.
    Essa é a verdade . .falam de aglomeração então passa resolver o transporte coletivo que vive lotado.

  2. Bom dia eu sou a favor de não fechar ..uma porque o povo precisa trabalhar ….vamos olhar para o transporte público já que fala para ter distanciamento ..parece caminhão de boi ..carregado ..

  3. Um governo o próprio nome diz, pressupõe tomar a frente, decidir! Não há achismos, decisões lastreadas em coleta de dados! Ainda que este vírus não nos permita controle sobre seu avanço, as respostas tem que ser com base nos recursos que temos, dentre eles as informações, recursos para o enfrentamento. O Estado de Calamidade tem várias componente que são igualmente catastróficas, a saúde física, a saúde psicológica e a saúde econômica-financeira para o município!
    A comunicação é importante e tem como máxima a diretiva a ser seguida! Estamos convivendo com este vírus já há um bom tempo, cada indivíduo deve ter sua responsabilidade no combate ào mesmo e o controle sob sua transmissão! A responsabilidade deve ser compartilhada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.