Após reunião com Caiado, CMTC avança na criação de receitas extratarifárias e privatização da Metrobus

Benjamin Kennedy Machado da Costa celebrou o encontro e disse que sugestões são realmente soluções para o transporte coletivo

Benjamin Kennedy | Foto: Livia Barbosa

Em reunião com o governador Ronaldo Caiado (DEM), o presidente da Companhia Metropolitana de Transporte Coletivo (CMTC), Benjamin Kennedy Machado da Costa, tratou de pautas propositivas para o transporte coletivo de Goiânia e região, como a criação de Receitas Extratarifárias e da privatização da Metrobus. O encontro aconteceu na manhã desta terça, 13, e, segundo o representante da CMTC, as sugestões foram bem aceitas.

Vale lembrar que, na segunda, 12, Benjamin já havia se reunido com o prefeito da capital, Iris Rezende (MDB), para apresentar sugestões da companhia de otimizar a readequar o sistema. Na ocasião, conforme o presidente da CMTC, o gestor apoiou as propostas e afirmou que contribuiria com a criação de receitas vindas de estacionamento rotativo e de aplicativos de transporte.

Esta pauta também foi apresentada ao prefeito Gustavo Mendanha (MDB), ao prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes (PSD), ao prefeito de Goianira, Carlão da Fox (PSDB), e ao prefeito de Trindade, Jânio Darrot (PSDB), que é também presidente da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC). Conforme adiantou Benjamin, todos acenaram positivamente.

Reunião desta terça

Durante o encontro matutino, um dos temas abordados foi a criação de Receitas Extratarifárias. Conforme Benjamin, esta proposta teve sinalização positiva do governo e segue para estudos, a fim de ganhar uma formatação final e, posteriormente, ser enviada como projeto de Lei à Assembleia.

Outro tema discutido foi a privatização da Metrobus (Eixo Anhanguera). Benjamin defendeu que a tramitação passe de forma obrigatória pela CMTC, o que também foi bem recebido por Caiado, segundo Benjamin, pelo entendimento que esse trajeto é melhor para a requalificação do serviço.

Após o encontro, Benjamin disse estar satisfeito com as sugestões acatadas, que ele considera serem realmente soluções para o transporte coletivo. “Estou desde 2018, quando ainda era diretor Técnico da CMTC, debruçado na proposta de criação de receitas extratarifárias, projeto aceito hoje pelo governo do Estado e bem recebido pelos prefeitos da região metropolitana. Quanto à Metrobus conduziremos o melhor caminho para a licitação visando a melhoria do sistema”.

O encontro contou, também, com as presenças do prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), do diretor Técnico da CMTC, Murilo Ulhôa, do presidente da Metrobus, Paulo Reis, do procurador Geral de Justiça, Deusdete Carnot Damacena, e da procuradora Geral do Estado, Juliana Pereira Diniz Prudente.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.