Após requerimento da Câmara Federal, Paço afirma que obras da capital estão em andamento

Prefeitura nega paralisação e demora em ação nas principais marginais da capital e no Macambira-Anicuns, conforme sugere pedido protocolado pelo delegado Waldir

A Prefeitura de Goiânia emitiu, nesta quarta-feira (6/5), nota em que garante que as obras das marginais Cascavel, Botafogo e Leste-Oeste, além do programa Macambira-Anicuns, estão em andamento. A emissão do comunicado foi uma resposta ao requerimento aprovado nesta semana pela Câmara dos Deputados que determinou a fiscalização dessas obras.

O pedido foi protocolado pelo delegado Waldir (PSDB) com o objetivo de apurar a paralisação e demora das ações, além de possíveis irregularidades.

De acordo com o diretor de infraestrutura viária da Secretaria Municipal de Obras (Semob), Edson Ferreira, as obras citadas estão sendo realizadas de acordo com o processo burocrático que envolve cada uma delas e as ações da administração municipal.

Conforme o comunicado do Paço, a Marginal Cascavel está em plena execução, o processo licitatório para a ampliação da Marginal Botafogo já está em fase final e as obras do programa Macambira Anicuns também estão em ritmo acelerado. Confira a íntegra da nota:

De acordo com o diretor de infraestrutura viária da Secretaria Municipal de Obras (Semob), Edson Ferreira, as obras citadas pelo deputado federal delegado Waldir para que sejam fiscalizadas pela Câmara Federal estão sendo realizadas de acordo com o processo burocrático que envolve cada uma delas e as ações da administração municipal. As obras da Marginal Cascavel estão em plena execução desde a assinatura da Ordem de Serviço, em 24 de fevereiro, pela empresa Sul Americana de Montagens S.A (EMSA), ganhadora da licitação.

O projeto, que tem financiamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), estabelece a canalização de 2,2 quilômetros do Córrego Cascavel para melhorar o escoamento de água e a construção de 4,4 quilômetros de vias marginais que ligarão a Avenida Castelo Branco, em Campinas, até a Avenida Leste-Oeste, na Vila Santa Helena. No local, a Prefeitura de Goiânia levará completa reurbanização, beneficiando motoristas que circulam pela via e moradores da região. Atualmente, está sendo feita a limpeza das margens do córrego entre a Castelo Branco e a Av. Anhanguera, o que significa que a obra está dentro do cronograma e do prazo previstos. A empresa executora tem 18 meses a partir da OS para concluir as obras, em agosto de 2016.

A ampliação da Marginal Botafogo está licitada. Nesta semana, o resultado das propostas será publicado e, a partir de então, é aberto o prazo para recurso das licitantes, que é de cinco dias. Caso não haja recurso, o resultado será homologado pela Secretaria Municipal de Administração (Semad) e encaminhado à Semob, que assinará contrato com a empresa vencedora para início da execução do projeto. Nessas condições, o trâmite deve ser finalizado até o final do mês. Caso haja recurso, esse prazo é estendido de acordo com as previsões legais.

A licitação da Marginal Botafogo abrange o trecho entre a Jamel Cecílio e a 2ª Radial, sentido Centro – Pedro Ludovico, com aproximadamente 1,3 quilômetros. Está prevista a construção de duas pontes, uma que liga a Rua 1.018 à Avenida do Comércio e outra na 2ª Radial.

Na Avenida Leste-Oeste, o trecho da Avenida Castelo Branco e até a Bernardo Sayão foi devidamente executado. Para concluir a construção do trecho leste da via, que deve sair da Câmara Municipal e seguir até Senador Canedo, a Semob está captando recursos federais.

Macambira Anicuns
Sobre as declarações do delegado Waldir, o coordenador de Projetos Especiais da Prefeitura de Goiânia, Nelcivone Melo, afirma que elas demonstram que ele não tem conhecimento sobre o disse, já que as obras do Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns (Puama) também estão sendo realizadas dentro do cronograma previsto e em ritmo acelerado. “A previsão é de que o conjunto total de obras seja concluído em 24 meses a partir do início da execução, ou seja, até setembro de 2016”, afirma.

Melo conta que o conjunto de obras do Parque Ambiental Macambira (PAM), no setor Faiçalville, está previsto para ser entregue à população até o mês de setembro deste ano e o Parque de Vizinhança 2, do Setor 1 do Parque Linear, está previsto para agosto, também de 2015. “Convido o deputado para visitar o canteiro de obras para que, em uma próxima oportunidade, tenha mais embasamento em suas colocações”, acrescenta.

O coordenador de projetos especiais ressalta que o Programa Urbano Ambiental Macambira Anicuns é um projeto da Prefeitura de Goiânia com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), financiador de 60% do valor da obra, e que não conta com recursos federais. “Os outros 40% são viabilizados por recursos do Tesouro Municipal”, explica Melo.

O Puama contempla a criação do Parque Linear Macambira Anicuns, com 24 km de extensão, e dois Parques Ambientais Urbanos,: um na área de cabeceira do córrego Macambira, o Parque Urbano Macambira, no Setor Faiçalville; e outro em áreas adjacentes ao Ribeirão Anicuns, o Parque Urbano da Pedreira, face oeste da Região do Morro do Mendanha.

O Parque Linear será um dos maiores parques lineares da América Latina e devido à sua extensão foi dividido em 11 trechos estratégicos de construção denominados Setores, para melhor condução dos trabalhos.

Nesta primeira etapa, o conjunto de obras licitado prevê a execução do Parque Urbano Ambiental Macambira (PAM), na nascente do Córrego Macambira no Setor Faiçalville, e os seguintes trechos do Parque Linear: Setor 1 (integral), Setor 2 (parcial) e Setor 3 (integral), do Parque Linear Macambira Anicuns. Serão realizadas ainda obras que visam melhoria da mobilidade urbana ao longo do Córrego Macambira, englobando as travessias Avenida Joaquim Pedro Dias, Avenida Egirineu Teixeira, Avenida Trieste. As intervenções incluem serviços de construção civil, paisagismo, arquitetura, urbanização, pavimentação, micro e macrodrenagem, bueiros, recuperação de fundos de vale e canais, correção de erosões e revegetação de Áreas de Preservação Permanente (APPs).

 

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

CARLOS SOARES

O POVO JA ESTAVA DESCRENTE COM ESSAS OBRAS PARABÉNS DELEGADO WALDIR AGORA ESTAMOS MAIS CONFIANTE