Após reportagem do Fantástico, Marconi exonera secretário Edemundo Dias

Fernando Leite - Opção Online

Fernando Leite – Opção Online

O governador Marconi Perillo (PSDB) exonerou no início da noite desta segunda-feira (16/6) o titular da Secretaria de Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus), Edemundo Dias. Por determinação do tucano, o secretário de Segurança Pública Joaquim Mesquita assumirá a pasta e acumulará as funções.

Conforme nota enviada à imprensa, Edemundo e o ex-superintendente-executivo da Sapejus Antônio Carlos de Lima pediram exoneração no final da tarde desta segunda-feira. As demissões ocorrem um dia após a veiculação de uma reportagem especial pelo Fantástico, da TV Globo, sobre supostas regalias concedidas a detentos na Penitenciária Odenir Guimarães, em Aparecida de Goiânia.

Durante a matéria, o ex-secretário afirmou desconhecer as mordomias e privilégios oferecidos, sobretudo aos chefes de quadrilhas. “Estou tomando conhecimento agora e vou mandar verificar. Se for constatada alguma irregularidade nesse sentido, nós vamos tomar as providências”, alegou Edemundo à reportagem do Fantástico. A postura do então titular teria irritado o governador.

Confira na íntegra a nota enviada pela administração estadual à imprensa:

O governador Marconi Perillo nomeou o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, titular interino da Secretaria de Administração Penitenciária e Justiça (Sapejus). O superintendente-executivo da SSP, Edson Costa Araújo, assume a Superintendência Executiva da Sapejus.

O decreto com as nomeações foi assinado no início da noite desta segunda-feira por Marconi. Por determinação do governador, o secretário Mesquita e o superintendente Araújo acumularão as funções.

O ex-secretário Edemundo Dias de Oliveira Filho e o ex-superintendente-executivo da Sapejus Antônio Carlos de Lima pediram exoneração no final da tarde desta segunda-feira.

2 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Manoel

Deve cair pra cima !

civil

com certeza

Elder

Uai, a nota da “administração estadual” fala que o Secretário pediu exoneração, mas a reportagem fala que o Marconi é que exonerou o secretário. Não está um pouco confuso?

Filipe

Na verdade, não há nada de confuso. Mesmo que ele “tenha pedido demissão”, a decisão passa pelo Marconi, ou seja, de qualquer jeito ele exonerou