Após processo na Justiça, esposa de Onyx Lorenzoni volta a pagar dívida com amiga

Denise Veberling Lorenzoni devia mais de 10 mil reais para comissária de voo há mais de quatro anos e dizia que “passava miséria”

Amanda Oliveira (esquerda) foi convidada para o casamento de Denise Veberling (direita) e Onyx Lorenzoni. Foto: Reprodução.

A assessora do gabinete do Presidente do Senado e esposa do ministro-chefe da Casa Civil, Denise Veberling Lorenzoni, voltou a pagar  a comissária de voo Amanda Oliveira após quatro anos de dívida. O empréstimo de R$ 10 mil foi feito em 2016 para que Denise comprasse uma bicicleta de triatlo. No entanto, após inúmera cobranças sem retorno, a comissária decidiu requerer o dinheiro judicialmente.

Após repercussão do caso, Lorenzoni teria realizado dois depósitos no último dia 9, um no valor de 1.500 reais e outro, de 250 reais, quitando mais uma parte da dívida. Com esses novos pagamentos, a dívida estaria em torno de pouco mais de 3 mil reais. “É bem provável que tenha sido ela. Conhecendo a Denise, ela não vai falar se foi ela ou se não foi” disse Amanda sobre o dinheiro.

Oliveira afirmou que vai seguir com o processo na Justiça mesmo com os pagamentos. “Estou esperando o Mardson [Costa, meu advogado,] resolver. Foi muito problema que passei por causa dessa grana. [Quero,] pelo menos, o dano moral, já que iniciou [o processo]” completou a comissária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.