Plano Estadual de Educação será discutido nesta sexta-feira e promete mais polêmica

Assim como ocorreu na Câmara, com o PME, proposta deve reacender debate sobre ideologia de gênero

Após a aprovação na Câmara de Goiânia, na última quarta-feira (25/6), do projeto que cria o Plano Municipal de Educação (PME), o Legislativo estadual começa a discutir nesta semana a matéria em nível de Goiás. Já está marcada para esta sexta-feira (26) a primeira audiência pública para debater o Plano Estadual de Educação (PEE).

O evento é uma iniciativa da deputada Isaura Lemos (PCdoB) e será realizado às 14 horas, no Auditório Solon Amaral, da Assembleia Legislativa. “Trata-se certamente de uma temática importantíssima, que exige um debate amplo e democrático”, defendeu a parlamentar.

Assim como ocorreu na discussão da Câmara, e também do Congresso Nacional, o projeto deve reacender o debate sobre a ideologia de gênero. Nas outras duas esferas legislativas, foram acatadas emendas que retiraram termos como “sexualidade”, “gênero” e “orientação sexual” da proposta.

Durante sessão na última quinta-feira (18), o deputado Francisco Júnior (PSD) adiantou em plenário seu posicionamento sobre a matéria. Ao falar sobre a inclusão da ideologia de gênero no PME, o parlamentar alegou que a medida permitiria às escolas “ensinar que a biologia não é suficiente para determinar se a pessoa é homem ou mulher.”

“Em todos os lugares do Brasil, o plano foi aprovado sem a ideologia de gênero. Que essa matéria nem seja incluída no Plano Estadual, pois não faz parte da vontade do povo goiano”, frisou.

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Gleyce Kelle

Goiás podia avançar e não copiar os demais planos já aprovados.