Plano Estadual de Educação será discutido nesta sexta-feira e promete mais polêmica

Assim como ocorreu na Câmara, com o PME, proposta deve reacender debate sobre ideologia de gênero

Após a aprovação na Câmara de Goiânia, na última quarta-feira (25/6), do projeto que cria o Plano Municipal de Educação (PME), o Legislativo estadual começa a discutir nesta semana a matéria em nível de Goiás. Já está marcada para esta sexta-feira (26) a primeira audiência pública para debater o Plano Estadual de Educação (PEE).

O evento é uma iniciativa da deputada Isaura Lemos (PCdoB) e será realizado às 14 horas, no Auditório Solon Amaral, da Assembleia Legislativa. “Trata-se certamente de uma temática importantíssima, que exige um debate amplo e democrático”, defendeu a parlamentar.

Assim como ocorreu na discussão da Câmara, e também do Congresso Nacional, o projeto deve reacender o debate sobre a ideologia de gênero. Nas outras duas esferas legislativas, foram acatadas emendas que retiraram termos como “sexualidade”, “gênero” e “orientação sexual” da proposta.

Durante sessão na última quinta-feira (18), o deputado Francisco Júnior (PSD) adiantou em plenário seu posicionamento sobre a matéria. Ao falar sobre a inclusão da ideologia de gênero no PME, o parlamentar alegou que a medida permitiria às escolas “ensinar que a biologia não é suficiente para determinar se a pessoa é homem ou mulher.”

“Em todos os lugares do Brasil, o plano foi aprovado sem a ideologia de gênero. Que essa matéria nem seja incluída no Plano Estadual, pois não faz parte da vontade do povo goiano”, frisou.

Uma resposta para “Plano Estadual de Educação será discutido nesta sexta-feira e promete mais polêmica”

  1. Gleyce Kelle disse:

    Goiás podia avançar e não copiar os demais planos já aprovados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.