Após polêmica, Decotelli altera currículo e admite que não defendeu tese de doutorado

Informações no Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) foram substituídas por “Créditos concluídos” e “Sem defesa de tese”

Carlos Decotelli da Silva assumiu Ministério da Educação | Foto Divulgação.

Após polêmica, o novo ministro da Educação, Carlos Alberto Decotelli da Silva, alterou o currículo na plataforma Lattes do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) nesta sexta-feira, 26.

O reitor da Universidade Nacional de Rosario, Franco Bartolacci, revelou que Decotelli não obteve título de doutor e que teve a tese reprovada.

No entanto, no currículo de Decotelli constava conclusão de doutorado na Universidade Nacional de Rosário em 2009, com a tese intitulada”Gestão de Riscos na Modelagem dos Preços da Soja”, sob orientação de Antonio de Araujo Freitas Jr. Essas informações foram substituídas por “Créditos concluídos” e “Sem defesa de tese”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.