Após perder movimento das pernas, goiano estreia em campeonato de fisiculturismo

35ª edição do Campeonato Goiano Estadual da Federação Goiana de Musculação Fitness e Fisiculturismo acontece neste domingo (3)

Paratleta Marcos Vinícius Cavalcante | Foto: Divulgação

No dia 3 de junho (domingo), Goiânia volta a figurar no centro do fisiculturismo nacional com a 35ª edição do Campeonato Goiano Estadual da Federação Goiana de Musculação Fitness e Fisiculturismo (Fegomff/IFBB-GO). Como o título indica, a competição é voltada para os competidores iniciantes e em meio aos atletas goianos que despertaram para a modalidade estão histórias como a do paratleta Marcos Vinícius Cavalcante.

Tendo a prática de esportes como parte de sua rotina desde os sete anos de idade, quando começou a jogar a futebol, Marcos Vinícius, hoje com 24 anos, há muito se classifica como atleta. No entanto, anos atrás, um acidente que o privou do movimento das pernas mudou de forma drástica sua rotina.

Mas para o jovem atleta a nova realidade imposta pelo uso da cadeira de rodas serviu apenas para fazê-lo trocar os gramados pela raquete e uma bolinha um pouco menor. O primeiro esporte ao qual se dedicou depois do acidente foi o tênis de mesa, modalidade em que chegou a conquistar o título de campeão goiano em 2012.

Contudo, o paratleta queria ir mais longe. Foi praticando halterofilismo que Marcos Vinícius conheceu Márcio Rezende, presidente da IFBB-GO, e resolveu se dedicar ao fisiculturismo para provar que os limites geralmente são autoimpostos. “É um esporte olímpico e isso por si só já significa superação. Não estou em uma prisão, quero viver e competir”, afirma sobre sua motivação como primeiro cadeirante a aderir à competição.

Mesmo sem muito apoio dos familiares, o fisiculturista não se abate. Os treinos aeróbicos e de musculação, realizados todos os dias com duração de três horas, são acompanhados de perto por um coach pessoal e a equipe da academia que frequenta. Já em casa, Marcos faz tudo sozinho.

“Faço minha própria comida. Acordo cedo e vou pra cozinha preparar minha alimentação. Mesmo sem adaptação tiro de letra”, conta. Com acompanhamento profissional para regular a dieta, o paratleta revela que às vezes bate vontade de comer o que não está no cardápio, mas nessas horas ele se lembra do apoio que recebe da namorada e de seu desejo de ser campeão para ser manter firme.

Apesar de ser estreante no fisiculturismo, Marcos Vinícius aposta em sua experiência anterior no esporte para conter a ansiedade e conta ainda com o aconselhamento de uma psicóloga do esporte para garantir que o sonho de se profissionalizar como competidor não sofra desvios. “Costumo dizer que nossa força é nossa vontade. Somos donos dos nossos sonhos e nosso sucesso. Ninguém pode nos impedir”, finaliza.

35ª Campeonato Estreantes de Musculação Fitness e Fisiculturismo

O evento goiano dá a oportunidade para atletas de todo o Brasil se profissionalizarem e conhecerem a estrutura e o formato da competição, muito elogiada por outras federações. “Desde que a atual diretoria assumiu, mais de mil atletas já passaram por nossas competições e se profissionalizaram. Também conseguimos ajudar muita gente com as doações de alimentos que já passaram de 5 mil toneladas no total e, neste ano, queremos novamente bater o recorde de arrecadação”, afirma Márcio Rezende.

São previstas para essa edição do Goiano 18 categorias entre masculino e feminino com a participação cada vez maior dos paratletas. A pesagem de cada divisão acontece no dia anterior às apresentações no Teatro Goiânia e serão realizadas na Sala Araguaia do Comfort Hotel, ao lado do Centro de Convenções. Vale lembrar que apenas atletas filiados à Federação e com participação em uma das competições de estreantes realizadas a partir de 2014 podem disputar o Goiano.

O valor antecipado da entrada para o público é de R$ 30 a meia (também disponível para quem doar 1 kg de alimento não-perecível no ato da compra) e R$ 60 inteira. Já no dia do evento o ingresso custa R$ 35 a meia e R$ 70 a inteira e estará sujeito às mesmas regras para a arrecadação de alimentos, estratégia da Federação responsável pela doação anual de mais de uma tonelada a entidades carentes.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.