Após Pazuello sofrer mal súbito, sessão da CPI da Covid é suspensa

Ex-ministro da Saúde passou mal e foi atendido por médicos. Depoimento será retomado nesta quinta-feira, 20. Após o término da sessão o próprio Pazuello nega ter passado mal

Eduardo Pazuello | Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

A oitiva nesta quarta-feira, 19, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid com o ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello foi suspensa pelo presidente da comissão, Omar Aziz, após o general sofrer um mal súbito e ser atendido por médicos. A retomada dos testemunhos deve ocorrer nesta quinta-feira, 20.

À CNN, o senador Otto Alencar (PSD) afirmou que não havia motivo para suspender a oitiva, já que o general estava bem e “corado”. “Fizemos o atendimento e o ministro Pazuello está saindo pelo lado tranquilo, mas vai ter que voltar a depor, porque tem 23 senadores que ainda farão perguntas. Ele está saindo agora e voltará depois, talvez amanhã ou na outra semana, para responder todos os questionamentos”, disse.

Após a suspensão da sessão, Pazuello e senadores governistas negaram que o ex-ministro tenha passado mal. No entanto, a página oficial do Twitter do Senado Federal reafirmou o mal súbito como motivo da interrupção da oitiva.

Nesta quinta, 20, seria o depoimento de Mayra Pinheiro, secretária do Ministério da Saúde que defende o uso de cloroquina. Ainda não ficou claro se o testemunho será reagendado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.