Após parto, é grave estado de saúde de gêmeas siamesas

Ainda não há previsão para a realização de procedimento cirúrgico para a separação das irmãs

A equipe médica do Hospital Materno Infantil (HMI) realizou nesta quarta-feira (22/4) o parto de uma mulher grávida de gêmeas siamesas. Conforme informações disponibilizadas pela unidade, é grave, porém estável, o estado de saúde das irmãs.

A cirurgia, que teve início às 14 horas, durou cerca de duas horas e meia. Conforme a equipe médica do hospital, ainda é cedo para saber se é viável a realização de procedimento cirúrgico para a separação das irmãs. O planejamento cirúrgico ficará a cargo do médico Zacharias Calil, especialista nesse tipo de cirurgia.

As meninas estão ligadas pelo tórax e abdômen, compartilhando, assim, fígado e coração. Já na 38ª semana de gestação, a mãe das gêmeas veio do Mato Grosso do Sul para fazer o parto no HMI, que é referência na área.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.