Após pancadaria, Justiça Desportiva interdita Estádio Serra Dourada

Confusão generealizada durante partida no último sábado motivou decisão do STJD. Local só será liberado após adoção de medidas impostas pelo órgão

O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou nesta quinta-feira (29) a interdição do Estádio Serra Dourada, em Goiânia, devido ao episódio de confusão generalizada ocorrido no último sábado (24), após partida entre Goiás e Vilanova pela 10ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Na decisão, o juiz afirma que novos jogos só poderão ser realizados no local até que sejam adotadas medidas capazes de impedir o acesso de torcedores a área geral, além da criação de setores para divisão das torcidas organizadas.

O presidente da STJD, Ronaldo Botelho Piacente, condicionou a liberação do Serra Dourada, ainda, à vistoria da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) com laudos obrigatórios para o pleno funcionamento do estádio e segurança dos torcedores e público.

Segundo informações do órgão, pela segunda divisão, o Vila Nova venceu o clássico por 2 a 0. Após o apito final, torcedores das duas equipes protagonizaram cenas lamentáveis no setor da antiga geral. Apesar da área estar interditada, integrantes das torcidas de ambos os clubes pularam para a área proibida e iniciaram um confronto.

Os clubes goianos também foram denunciados por descumprirem o regulamento e por não prevenirem e reprimirem as desordens após o fim da partida. O julgamento do processo ainda não foi agendado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.