Após oito anos de obra parada, governo inaugura colégio em Silvânia

Dívida com construtora foi renegociada em 2020 para a conclusão da unidade de ensino

Colégio Estadual Professor José Pascoal da Silva | Foto: Divulgação

Após oito anos com as obras paradas, o Colégio Estadual Professor José Pascoal da Silva, em Silvânia, foi finalmente inaugurado. Sua construção havia sido iniciada em 2013, mas a instituição de ensino ficou inacabada depois que a construtora abandonou a obra por falta de pagamento. Em 2020, o governo estadual renegociou a dívida e investiu R$1,5 milhão na conclusão do colégio. A unidade tem capacidade para atender 920 alunos, sendo 360 por turno. Atualmente, são 539 estudantes matriculados, distribuídos nos horários matutino e vespertino, em turmas do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental e das três séries do Ensino Médio.

O governador Ronaldo Caiado esteve presente na inauguração nesta segunda-feira, 24, e conheceu cada sala da estrutura. “Eu sou detalhista. Nos laboratórios de física, química, robótica, os métodos facilitam ao professor ensinar e ao aluno assimilar e ter uma cultura mais abrangente”, afirmou o gestor, que disse que pretende tornar as escolas do Estado nas melhores do país.

A área total do colégio é de 9 mil metros quadrados e 3.065 metros quadrados de construção. Com amplas instalações e arquitetura moderna, a estrutura conta com 12 salas de aula climatizadas, bloco administrativo com cinco salas, cantina, refeitório, dois laboratórios, biblioteca, miniauditório, quadra poliesportiva coberta, sala de atendimento educacional especializado, estacionamento interno e pátio coberto.

Com custo total de R$5.477.099,89, o colégio, antes, atendia em dois locais: um prédio adaptado sem condições adequadas e um espaço cedido pela Universidade Estadual de Goiás (UEG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.