Após o recesso, CPI dos Incentivos Fiscais vai analisar outras 100 empresas goianas

Segundo o presidente da comitiva, Secretaria da Economia e TCE já forneceram toda documentação necessária   

Foto: Reprodução

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Incentivos Fiscais na Assembleia Legislativa (Alego), Álvaro Guimarães (DEM), adiantou ao Jornal Opção que, além dos 20 empresários convidados para oitiva após recesso parlamentar, a comitiva deve analisar a documentação de outras 100 empresas incentivadas no Estado.

“Já estamos com toda a documentação pronta, ou seja, as informações que precisávamos já foram fornecidas tanto pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) quanto pela Secretaria Estadual de Economia”, assegurou.

O democrata garantiu que, em face da papelada, os parlamentares devem “averiguar”, ainda, as possíveis irregularidades cometidas por outras 100 empresas de Goiás. “Agora é só tocar o barco”, pontou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.