Após noite de caos em Washington, Trump sinaliza “transação ordeira” para posse de Biden

Presidente americano segue contestando resultado das urnas nos Estados Unidos, no entanto, pela primeira vez, falou sobre o fim de seu governo

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump | Foto: reprodução)

Depois que o congresso avalizou a eleição de Joe Biden nos Estados Unidos, o então presidente americano, Donald Trump, declarou que promoverá uma “transição ordeira” para posse do democrata marcada para o dia 20 de janeiro.

Apesar do pronunciamento, a posição de Trump quanto ao resultado das eleições nos Estados Unidos segue inabalável. “Embora eu discorde totalmente do resultado da eleição e os fatos me confirmem, haverá uma transição ordeira no dia 20 de janeiro”.

No texto publicado no Twitter, Trump reconhece, pela primeira vez, o fim de sua gestão. “Isso representa o fim de um dos melhores primeiros mandatos presidenciais e é apenas o início da nossa luta para devolver aos Estados Unidos sua grandeza”, escreveu.

Os americanos enfrentaram uma quarta-feira, 6, marcada por cenas de manifestações e violência. Apoiadores de Trump, insatisfeitos com o resultado das urnas, invadiram o Capitólio para contestar a posse de Biden.

Embora todas as alegações de fraude apresentadas pela equipe te Trump tenham sido negadas pela Justiça americana, Washington viveu momentos de pânico com a pressão dos manifestantes. A prefeitura da cidade chegou a decretar toque de recolher e, segundo a polícia, quatro pessoas morreram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.