Após infarto, Galvão Bueno diz que vai passar mais tempo com a família

O narrador foi internado no dia 21 de novembro enquanto estava no Peru para cobertura da final da Copa Libertadores da América

Foto: Reprodução.

O Galvão Bueno sofreu um infarto dois dias antes da grande final da Copa Libertadores da América e precisou ser levado às pressas até um hospital de Lima, no Peru. Em entrevista ao Fantástico, o narrador esportivo contou que no início pensou que os sintomas se tratassem de um reflexo do nervosismo, mas que sua esposa, Desireé Soares, chamou a ambulância quando seu braço começou a doer.

Galvão afirmou que está bem fisicamente, mas psicologicamente está receoso. “Quando saí para o hospital, pensei: ‘Será que chegou minha hora?'” destacou. Depois de receber alta, aproveitou a situação para refletir sobre a vida. “Tomei uma decisão. Sou muito chegado a minha família. Tenho que dar mais tempo a eles” determinou.

O narrador disse que vai continuar tomando vinho com moderação e regular o estresse, mesmo em decisões de campeonato.

O infarto acontece quando artérias que levam oxigênio ao coração são obstruídas por um coágulo de sangue formado em cima de uma placa de gordura. Os fatores de risco incluem idade acima dos 45 anos (para homens) e 55 anos (para mulheres), tabagismo, hipertensão, sedentarismo, estresse e e alcoolismo.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.