Após goianienses descumprirem decreto, academias públicas de Goiânia serão interditadas

Medida de isolamento dos aparelhos de ginástica será para evitar aglomerações da população nesses pontos

Academia pública da Praça da Avenida República do Líbano, em Goiânia | Foto: Divulgação

A Prefeitura de Goiânia irá interditar as academias públicas situadas em parques e praças de Goiânia. A medida irá iniciar nesta quarta-feira, 8, e tem apoio do Governo do Estado. O motivo é evitar aglomerações nesses locais para evitar que a população seja infectada pela Covid-19, já que mesmo com os decretos publicados no mês de março, parte da população continuou a frequentar esses locais.

À princípio, o ênfase será nos lugares que têm concentrado maiores aglomerações, como Parque Flamboyant, no Jardim Goiás, o Parque Vaca Brava, no Setor Bueno, e o Areião, no Setor Marista. A capital conta com 42 parques em diversas regiões, nos quais 17 possuem equipamentos de ginástica. Todos irão receber a visita de agentes da Guarda Civil Metropolitana, auditores fiscais da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (SEPLANH), e da Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) para interdição dos equipamentos.

“Sabemos da importância e da necessidade que muitos possuem de realizar exercícios físicos e que, com a determinação para fechamento das academias privadas, muitos têm buscado outros meios. Infelizmente estamos enfrentando um momento incomum e que coloca em risco a vida de toda a população e, por esse motivo tanto a gestão municipal quanto a estadual, estão tendo que tomar atitudes mais severas. O que todos temos que ter em mente é que essas atitudes tem um único fim, e que é o mais importante, o de resguardar nossa população e defender a vida de cada um”, afirmou Zilma Percusor Campos Peixoto, Secretária Municipal de Planejamento Urbano e Habitação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.