Após Força Tática, Anápolis registra queda de 65% na criminalidade

Força Tática foi criada em novembro de 2018, para reforçar o patrulhamento, com foco nas regiões mais periféricas

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Anápolis comemora um ano de criação da Força Tática, com resultados para a população. Em um ano, a criminalidade caiu em 65% no município. O índice foi apurado pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Estado de Goiás

“Os resultados são expressivos, por exemplo, o furto a pedestres teve redução de mais de 73%, já os roubos de cargas caíram 77%, neste período de um ano. Houve também redução de homicídios, mais de 14%”, pontuou o prefeito Roberto Naves.

Apenas no mês de outubro, a Força Tática abordou 1.291 pessoas, efetuou 39 prisões, apreendeu 3 mil comprimidos de ecstasy, realizou 31 flagrantes, recuperou 6 veículos e capturou 10 foragidos.

“O prefeito Roberto Naves acertou com essa iniciativa pioneira da criação Força Tática Municipal. Um projeto que intensificou o patrulhamento na cidade e aumentou a sensação de segurança dos anapolinos. A ideia é ampliar a fiscalização e continuar o trabalho que tem dado certo”, avalia o diretor municipal de Segurança Pública, Carlos Antônio de Sousa.

Formato

A Força Tática Municipal funciona por meio de uma parceria entre a Prefeitura de Anápolis e a Polícia Militar (PM), e tem como objetivo aumentar o policiamento e diminuir o índice de criminalidade. Para tanto, 30 agentes se dividem em dez camionetes e realizam policiamento ostensivo e preventivo em cinco rotas.

Na parceria, a Polícia Militar disponibiliza o efetivo e a Prefeitura entra com os veículos, combustível, manutenção e paga o banco de horas dos policiais. Além disso, a Companhia Municipal de Trânsito e Transportes/Diretoria de Segurança Pública trabalha de forma integrada, para fornecer as informações necessárias para a atuação eficiente das equipe.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.