Após escândalo de dívida com União, diretor da Fiesp renuncia

Na última segunda-feira, foi noticiado que empresário Laodse de Abreu Duarte deve R$ 6,9 bi à União; Fiesp afirma não fazer pré-julgamentos de casos em andamento na Justiça

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) informou, nesta terça-feira (20/7), que o empresário Laodse de Abreu Duarte renunciou ao cargo de diretor da entidade. Na última segunda-feira (18), foi noticiado que o empresário é o maior devedor da União entre pessoas físicas, com uma dívida que chega a R$ 6,9 bilhões.

Na nota, a Fiesp afirma não fazer pré-julgamentos sobre casos que estão na esfera judicial e reforça os princípios de combate à corrupção.

A dívida do ex-diretor da Fiesp é maior que a dos governos de estados como Bahia e Pernambuco e outros 16 estados individualmente. A Fiesp disse, em nota, não ter responsabilidade sobre o diretor.

Confira, na íntegra, a nota em que a Fiesp anuncia a renúncia de Laodse de Abreu Duarte:

O empresário Laodse de Abreu Duarte renunciou ao cargo de diretor não remunerado, voluntário da Fiesp. Apontado em reportagem do jornal O Estado de S. Paulo como o maior devedor da União, Duarte está contestando os débitos na justiça.

A Fiesp não faz pré-julgamentos sobre casos que estão na esfera judicial.

A Fiesp reafirma seus princípios: da mesma forma como condena a excessiva carga tributária do país, é intransigente no combate à sonegação e à corrupção.

A Fiesp é um dos principais apoiadores do projeto de iniciativa popular das 10 medidas contra a corrupção.

Vale lembrar que a indústria é a maior pagadora de impostos do Brasil. Embora responsável por 11% do PIB, paga 30% da carga tributária do país, ou seja, de cada 3 reais arrecadados, 1 real é pago pela indústria.

A Fiesp não abre mão de cumprir seu papel institucional na luta incansável pela criação de um ambiente de negócios limpo e favorável ao desenvolvimento do Brasil e à geração de empregos. O combate à absurda carga tributária é parte fundamental dessa luta.

Federação das Indústrias do Estado de São Paulo – FIESP

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.