Após enquete polêmica, Bolsonaro ataca Fátima Bernardes durante velório de policiais

“Encontro” perguntou aos seus convidados quem deveria ser salvo primeiro: um policial levemente ferido ou um traficante em estado grave. Resposta não agradou militares

Divulgação

Divulgação

O deputado Jair Bolsonaro resolveu comprar briga com a apresentadora Fátima Bernardes no início desta semana. O parlamentar do PSC publicou um vídeo em suas redes sociais onde critica a jornalista por conta de uma enquete promovida no “Encontro” que acabou gerando revolta entre militares.

Na ocasião, Fátima perguntou aos convidados quem deveria ser salvo primeiro: um policial levemente ferido ou um traficante em estado grave. A maioria afirmou que salvaria o segundo, com argumentos apoiados por Fátima durante a discussão.

“Uma mídia completamente parcial. Fátima Bernardes prefere conduzir o seu programa dando mais atenção a um traficante ferido do que a um policial ferido, um herói a serviço nosso nas ruas”, disse Bolsonaro, durante velório de policiais mortos em uma operação no Rio de Janeiro.

“Uma política completamente equivocada sobre direitos humanos, onde só a bandidagem encontra guarita junto a esses também marginais defensores dos direitos humanos. A mídia tem de valorizar os verdadeiros heróis”, continuou.

A polêmica ganhou força no final de semana, quando militares resolveram criticar a apresentadora pelo resultado da enquete. Entre as manifestações de repúdio, paramédicos do Samu apareceram em uma foto segurando um cartaz com os dizeres “Eu escolho salvar o policial”.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.