Após eleição, vereador do MDB aposta em reaproximação entre Iris e Caiado

Clécio Alves (MDB) afirma que existe relação de amizade entre eles e que só não caminharam juntos no período eleitoral por “força das circunstâncias”

Clécio Alves | Foto: Alberto Maia

O vereador Clécio Alves (MDB) reassumiu nesta terça-feira (9/10) o mandato na Câmara Municipal de Goiânia depois de se licenciar para disputar a eleição estadual como deputado. O parlamentar conversou com a reportagem do Jornal Opção e fez uma análise do cenário em Goiás após o período eleitoral.

Clécio disse que acredita em uma reaproximação entre o prefeito Iris Rezende (MDB) e o governador eleito, Ronaldo Caiado (DEM). No período de pré-candidaturas, Iris articulou para unir Caiado e Daniel Vilela em chapa única, mas teve sucesso e optou por apoio o candidato emedebista.

“O Iris é um homem historicamente leal ao partido, o Caiado também. Foram circunstâncias que levaram a esse encaminhamento, mas o respeito prevaleceu e prevalece. Esse sentimento não se destrói simplesmente porque o partido A e o partido B não caminham juntos em um momento. Agora, a eleição passou e é hora de trabalhar”, discorreu.

O vereador destaca que, além de ser bom para a capital ter um governador aliado, existe uma relação de amizade entre Iris e Caiado. “Todo mundo sabe da ligação política e até de amizade que se criou entre Caiado e Iris. Caiado se elegeu senador em função de uma aliança vitoriosa que começou com a parceria entre os dois”, relembra.

Sobre o futuro do MDB no Estado, já que o partido ficou dividido durante o período eleitoral, o vereador disse que a situação ainda é incerta. “É uma pergunta que eu me faço a todo momento e ainda não consegui responder pra mim. É uma coisa que só o tempo vai poder dizer. É público e notório que houve uma divisão intensa, mas eu não teria como dizer se vai ou não continuar assim”, finaliza.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.