Após decisão do STF, veja como saber se o seu título de eleitor foi cancelado

Goiás é o quinto Estado com maior número de títulos eleitorais cancelados

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu na quarta-feira (26/9) rejeitar pedido de liminar feito pelo PSB para evitar o cancelamento dos títulos de eleitores que não realizaram o cadastramento por biometria nas localidades que foram escolhidas pela Justiça Eleitoral.

De acordo com a Justiça Eleitoral, cerca de 3,3 milhões de eleitores não vão votar nas eleições de outubro porque não compareceram aos cartórios eleitorais nos municípios em que houve o recadastramento para identificação biométrica.

Segundo levantamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Goiás é o quinto Estado com maior número de títulos eleitorais cancelados, com 219.426.

Quem está em dúvida, deve acessar o site do TSE, clicar no campo ‘situação eleitoral’, informar o nome completo e a data de nascimento ou número do título de eleitor. Se aparecer a palavra regular’, o eleitor estará apto a votar.

A chance para a regularização será reaberta apenas após o fim do segundo turno, no dia 5 de novembro. Por isso, quem teve o título cancelado poderá pagar multa por não votar nas eleições.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.