Após decisão da Justiça, peça com transexual no papel de Jesus é cancelada

Organizadores do evento afirmam que pedido para cancelamento partiu de  “congregações religiosas, políticos e pelo TFP (Tradição, Família e Propriedade)”

Divulgação

Agendada para a última sexta-feira (15/9) no Sesc Jundiaí, em São Paulo, a apresentação da peça teatral “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” teve que ser cancelada devido a uma decisão da Justiça. O espetáculo recria a história de Jesus como uma transexual.

Em nota de pesar publicada no Facebook, os organizadores lamentaram a decisão e afirmaram que o pedido de cancelamento partiu de “congregações religiosas, políticos e pelo TFP (Tradição, Família e Propriedade)”.

“A tristeza é grande, mas o desejo de continuar também. Agradecemos o apoio do Sesc, que acolhe nosso trabalho desde a sua estréia, e daremos mais informações em breve”, diz a nota.

Escrita pela inglesa Jo Clifford, a peça é na verdade um monólogo que conta como foi para a autora lidar com sua religião quando decidiu mudar de sexo aos 56 anos.

Leia abaixo a íntegra da nota divulgada pela organização do espetáculo:

Com pesar e indignação comunicamos o cancelamento do nosso espetáculo, que aconteceria hoje no Sesc Jundiaí. O cancelamento aconteceu devido à liminar concedida pelo juiz Luiz Antonio de Campos Júnior, atendendo a um pedido que vem sendo articulado há alguns dias por congregações religiosas, políticos e pelo TFP (Tradição, Família e Propriedade).

Citando a autora da peça, Jo Clifford, isto prova a importância do trabalho e como ele se faz necessário hoje no Brasil: o país que mais assassina travestis e transexuais no mundo.

A tristeza é grande, mas o desejo de continuar também. Agradecemos o apoio do Sesc, que acolhe nosso trabalho desde a sua estréia, e daremos mais informações em breve.

“Abençoada sejas se abusam de você ou te perseguem. Isso significa que você está trazendo a mudança. E abençoados sejam aqueles que te perseguem também. O ódio é o único talento que têm, e não vale nada”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.