Após debate, Kátia rebate Caiado sobre propostas para saúde da mulher: “Interesse eleitoreiro”

Candidata pelo PT disse que democrata “quer apenas os votos da mulheres”

Montagem: reprodução

Após o debate realizado na manhã desta quarta-feira (12/9), na rádio Sagres, a candidata pelo PT, Kátia Maria, contestou as propostas e perguntas de Ronaldo Caiado (DEM) em relação à saúde das mulheres, apresentadas por ele no embate.

Na ocasião, Caiado escolheu a petista para que respondesse sobre o que ela faria em relação à saúde da mulher, apontando que o Estado possui “muitos casos de câncer de mama e de colo de útero”. Como resposta, a candidata disse que as mulheres teriam atenção total de seu governo e elencou algumas propostas.

O democrata também chegou a dizer que defendeu um projeto, no Congresso, que dava o direito a todas as mulheres, a partir dos 40 anos, a ter acesso a mamografia, vetado pelo então presidente Lula (PT). Caiado completou dizendo que uma de suas propostas é instalar unidades móveis que atendam às mulheres acima dessa faixa etária em Goiás, realizando exames.

A candidata, porém, rebateu Caiado dizendo que, na realidade, o projeto foi vetado porque as mulheres precisariam do exame em qualquer idade em caso de suspeita de câncer, não apenas após os 40. “O projeto contrariava a normativa do Inca [Instituto Nacional de Câncer] que garante que as mulheres que precisem, possam fazer os exames, não necessariamente acima dessa idade […] o senhor como médico deveria saber”, afirmou.

Em entrevista ao Jornal Opção, após o debate, Kátia atribuiu a atenção de Caiado aos temas voltados à saúde da mulher como “interesse eleitoreiro”. “As mulheres são a maioria em número de eleitores em dúvida sobre qual candidato escolher”, avaliou.

A candidata ao governo reforçou também que quer promover o Programa Mulheres Vivas, com o objetivo de “tirar Goiás do mapa do feminicídio, investindo em delegacias das mulheres, cuidando dos jovens, dando educação integral e gerando de emprego”. “Sendo mulher, eu sei do que as mulheres precisam”, reforça.

De acordo com a governadoriável, investindo na educação e saúde, é possível promover uma qualidade de vida maior às mães. “Este é um dos nossos comprometimentos com o Estado”, disse Kátia, afirmando que é a candidata que tem as melhores e reais propostas para o eleitorado feminino.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.