TRE determina afastamento do deputado Vinícius Cirqueira e convocação do suplente

Em agosto o TSE negou, por unanimidade, o recurso ao deputado no processo em que ele foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de captação e gasto ilícito de recursos durante a campanha de 2018

Com a cassação do mandato do deputado estadual Vinícius Cirqueira (PROS) confirmada pelo plenário virtual do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) encaminhou nesta quinta-feira, 16, ofício à Assembleia Legislativa de Goiás em que determina o afastamento de Cirqueira e a convocação do primeiro suplente de seu partido, Sérgio Bravo.

Em agosto o TSE negou, por unanimidade, o recurso ao deputado no processo em que ele foi acusado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) de captação e gasto ilícito de recursos durante a campanha de 2018. O MPE entrou com processo por entender que não houve comprovação do gasto de R$ 164,2mil, via cartão de débito, para o pagamento de cabos eleitorais e combustível na Campanha de 2018.

O valor é oriundo dos fundos Partidários e Especial de Financiamento de Campanha. Na decisão, assinada no dia 27 de novembro de 2020, Alexandre de Moraes argumentou que doações de campanha devem ser feitas por cheque nominal, transferência bancária ou débito em conta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.