Após comparar cabelo de mulher com raposa, dono de bar é indiciado

Na época do ocorrido, em outubro de 2020, um movimento de apoio a jovem e uma manifestação contra o racismo foi realizada na porta do estabelecimento

Sarah Silva Ferreira, de 20 anos, no Buteko do Chaguinha, em outubro de 2020 | Foto: Reprodução/Instagram

Dono do conhecido bar “Buteko do Chaguinha”, conhecido como Seu Chaguinha, foi indiciado nesta sexta-feira, 29, por injúria racial, após comparar o cabelo de uma cliente a uma raposa. O caso, no entanto, ocorreu há um ano atrás, na noite de 31 de outubro de 2020, ocasião em que a jovem denunciou o caso na delegacia.

Em seu relato na delegacia, a vítima de 20 anos, Sarah Silva Ferreira explicou que o dono do local, Francisco Chagas de Almeida, 74, a abordou com um comentário racista no momento em que ela estava sentada em uma mesa com a irmã e uma amiga. “Vim ver se era gente ou se era uma raposa na sua cabeça”, disse Francisco, que em seguida riu juntamente a outro cliente, que seria amigo dele.

Na época, o caso chegou a ser denunciado por Sarah nas redes sociais. No início de novembro de 2020, inclusive, um movimento de apoio a jovem e uma manifestação contra o racismo foi realizada na porta do estabelecimento.

Na apuração do caso, o delegado responsável pelo caso, Manoel Borges de Oliveira, ouviu as duas testemunhas que estavam com Sarah no local e ambas confirmaram o crime. Apesar de Francisco também ter sido chamado para prestar depoimento, ele utilizou seu direito constitucional de permanecer em silêncio. Na época da denúncia, o Buteko do Chaguinha chegou a publicar uma nota em que caracterizou a situação como um mal-entendido e afirmou ser contra todas as formas de discriminação.

Uma resposta para “Após comparar cabelo de mulher com raposa, dono de bar é indiciado”

  1. Avatar Carlos Eduardo disse:

    Quanto vitimismo e mal humor dessa moca ! O que tem a ver preconceito ou injuria racial a um comentario sobre o cabelo da moca ? O mundo esta insuportavel com essas aberracoes do politicamente correto !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.