Após chegada de nova representação, reunião que trata destino de Aécio Neves é suspensa

Diretório estadual de São Paulo enviou, nesta tarde, novo pedido pela expulsão do tucano mineiro; tendência é por rejeitar demandas e manter deputado na sigla

A reunião que analisaria a expulsão do deputado Aécio Neves do PSDB foi suspensa, nesta tarde de quarta, 21, por uma hora. O intuito é que o relator Celso Sabino (PSDB-BA) reúna em sua avaliação outra representação de mesmo conteúdo, feita pelo diretório estadual de São Paulo.

Inicialmente, Sabino já havia sinalizado pela rejeição do primeiro pedido, que foi feito pelo diretório municipal de São Paulo. Conforme o site EM, outras fontes [membros da Executiva] também disseram que seguiriam relator no parecer negativo. Ainda não se sabe se a nova representação pode alterar esse entendimento.

Aécio é réu por obstrução da Justiça desde 2018. Anteriormente, o governador de São Paulo, o tucano João Doria, tinha sugerido que ele se defendesse fora do PSDB. Já Bruno Araújo, presidente da legenda, afirmou que o partido analisaria a admissibilidade do processo [de expulsão] na sua Executiva.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.