Após audiência de custódia, presos na Operação Decantação permanecem detidos

Cinco envolvidos deporam na 11ª Vara Federal, onde chegaram algemados

Após audiência de custódia, presos na Operação Decantação, que teve segunda fase deflagrada nesta quinta-feira, 28, permanecem detidos. No local, a Polícia Federal e advogados de defesa bateram boca porque a defesa alega que as prisões são apenas uma pressão para que Luiz Alberto faça uma delação premiada.

Ex-chefe de gabinete do Governo Estadual, Luiz Alberto de Oliveira, a filha de Luiz Alberto, Gisella Albuquerque, o ex-diretor da Saneago, Robson Salazar, e os sócios da Sanefer Construções e Empreendimentos, Carlos Eduardo Pereira e Nilvane Tomás chegaram à 11ª Vara Federal nesta quinta-feira, 28, algemados.

Tantos os envolvidos quanto os advogados deixaram o local escoltados e não deram detalhes sobre a conversa.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.